Livro 7 - A Guerra dos Tronos - As Crônicas de Gelo e Fogo


Demorei um pouco para me interessar pela coleção... imaginei que seria monótono como uma outra que me arrisquei a ler e prefiro nem comentar. ~.~'
Então, na procura por algum livro que pudesse interessar meu marido e talvez despertar nele a mesma paixão que tenho, e aproveitando a vontade dele em começar esse hobby para que tivéssemos mais algo a fazer juntos, acreditei que esta seria uma que faria o estilo dele... ^^

Que maravilha foi me surpreender e me flagrar devorando o livro dele... começamos a competir para ver quem ficaria na frente, ele ganhando firmemente no início, já que comecei a ler beeem depois pois estava concluindo outra leitura. Entretanto, com o passar dos dias, seria natural que eu o ultrapassasse... questão de experiência... rsrsrsrs

A história não gira em torno de um protagonista, é do tipo de livro em que você não pode se apegar muito a nenhum personagem, não que todos morram logo no primeiro, há personagens que permanecerão firmes até o quinto (não me culpem, a curiosidade foi demais!!).

Inicialmente, somos apresentados a um mundo onde existiam dragões e humanos descendentes deles, sete reinos, lugares onde o inverno dura o mesmo tempo que o verão (se são 10 anos de verão ininterrupto, serão 10 anos de inverno). Confesso que não curti muito o prólogo, mas eles existem por um motivo correto? E no decorrer da história me peguei voltando a ele para relembrar o que tinha acontecido... 

Nosso primeiro personagem é apresentado em seguida, Bran, o segundo filho mais novo da família Stark (Ao fim de cada livro há a árvore genealógica de cada família), com seu pai e parte de seus irmãos.. logo surgem os filhotes de lobo gigante, símbolo da família Stark e tidos como extintos como os dragões. Nesse primeiro livro, o autor apresenta parte do mundo e dos inúmeros personagens 'principais', cada capítulo leva o nome de um deles e a história se desenrola em vários cenários interligados. Passamos a nos acostumar com as famílias, seus símbolos e lemas (porque 'um Lannister sempre paga suas dívidas', e 'O inverno está chegando'), com as trapaças e traições constantes, com a honra de alguns, a determinação de outros, e o bom (para pessoas como eu) é que a parte indecente da história ficou praticamente inteira no seriado (de onde eles tiraram tantas prostitutas e cenas de sexo? o.O ), no livro só encontrei uma prostituta com destaque, e raras cenas de sexo (umas três? ) em situações óbvias e mostradas de forma consideravelmente 'discreta'.

Enfim, é uma história que atrai, que faz você se morder para saber o que vai acontecer, comemorar em um capítulo e resmungar no capítulo seguinte, mas sem nunca deixar de querer chegar ao fim.

Quando Eddard Stark, lorde do castelo de Winterfell, aceita a prestigiada posição de Mão do Rei oferecida pelo velho amigo, o rei Robert Baratheon, não desconfia que sua vida está prestes a ruir em sucessivas tragédias. Sabe-se que Lorde Stark aceitou a proposta porque desconfia que o dono anterior do título fora envenenado pela manipuladora rainha - uma cruel mulher do clã Lannister - e sua intenção é proteger o rei. Mas ter como inimigo os Lannister pode ser fatal: a ambição dessa família pelo poder parece não ter limites e o rei corre grande perigo. Agora, sozinho na corte, Eddard percebe que não só o rei está em apuros, mas também ele e toda sua família.




I.S.B.N.: 9788562936524
Cód. Barras: 9788562936524
Reduzido: 3065233
Altura: 24 cm.
Largura: 17 cm.
Profundidade: 1 cm.
Edição : 1
Idioma : Português
País de Origem : Brasil

Nenhum comentário: