Livro 10 - O Nome do Vento




Uma dica que recebi ao final do primeiro treinamento onde atuei como instrutora, na nossa GEX - Anápolis (INSS). Essa foi meu queridíssimo novo amigo Ronaldo Bernardo quem me presenteou.... ^^

Este me surpreendeu, mas não por me fazer devorá-lo incansavelmente, e sim por ver meu marido fazendo isso! (Sério!!!). Em duas noites, ele leu mais de 100 páginas, algo realmente incrível para uma pessoa que se irritava apenas ao passar perto de uma livraria...

A história é realmente maravilhosa, Kvothe é um personagem principal que não ficou preso à perfeição, se no caminho em que estiver for necessário roubar para sobreviver, ele o fará... se precisar mentir, o fará também, mas mesmo assim você ficará encantado com a mente deste personagem, e como ele a utiliza para seguir seu caminho... Bem que eu gostaria de aprender algumas das técnicas que ele aprendeu, como o controle da mente a ponto de brincar de esconde-esconde mental com você mesmo... rsrsrsrs.

Confesso que me perdi algumas vezes durante a leitura e precisei rever partes lidas para ligar um ponto a outro, mas a escrita é fascinante, prende você e te transporta para outro mundo sem que se dê conta de que isto aconteceu!

Na série, que está prevista para se uma trilogia, começamos com Kvothe e sua família, os Edena Ruh. Eles vivem na estrada, viajando de uma cidade a outra, fazendo exibições e conquistando a admiração ou repulsa por onde passam. É assim que nosso pequeno protagonista aprende suas primeiras lições, onde ele desenvolve habilidades cênicas e sua inteligência elevada.

Certo dia, ele se surpreende ao ver um senhor tendo sua entrada na cidade barrada pelo prefeito, por preconceito, e se defendendo incrivelmente bem, sem precisar usar violência, apenas com auxílio do vento. Isso despertou sua curiosidade e guiará seus passos nos capítulos seguintes. Ele irá aprender muito mais com Abenthy e ouvirá da universidade, para onde irá alguns anos depois.

O problema é quando aparecem o Chandriano, demorei a entender o que eles realmente eram, mas até o próprio Kvothe passará anos em busca de informações a respeito deles, então não estou tão ruim... ~.~'

A maior parte do livro se passa na Universidade, onde o Kvothe tenta descobrir mais acerca dos Amir e do Chandriano, onde ele faz amizades preciosas e inimizades perigosíssimas! Onde ele aprende a cultivar sua admiração pela Denna, e um carinho especial pela Auri (adoro ela!!!!).

O livro é uma delícia, a história flui num ritmo muito bom, sem enrolações e detalhamentos excessivos, que muitas vezes tornam a leitura cansativa para alguns. De acordo com meu marido, o autor só falhou em deixar muitos personagens soltos, NPCs, ele queria uma participação maior de alguns que ele acredita terem sido colocados apenas para suprir alguma 'necessidade' do Kvothe... mas eu comentei que, talvez, isso pode ter ocorrido para não prolongar ainda mais a história. Afinal, contar toda a vida em três dias não é fácil, e o primeiro livro foi só o primeiro dia. ^^

Abaixo, a sinopse retirada da livraria Saraiva:


Ninguém sabe ao certo quem é o herói ou o vilão desse fascinante universo criado por Patrick Rothfuss. Na realidade, essas duas figuras se concentram em Kote, um homem enigmático que se esconde sob a identidade de proprietário da hospedaria Marco do Percurso.
Da infância numa trupe de artistas itinerantes, passando pelos anos vividos numa cidade hostil e pelo esforço para ingressar na escola de magia, O nome do vento acompanha a trajetória de Kote e as duas forças que movem sua vida: o desejo de aprender o mistério por trás da arte de nomear as coisas e a necessidade de reunir informações sobre o Chandriano.

Quando esses seres do mal reaparecem na cidade, um cronista suspeita de que o misterioso Kote seja o personagem principal de diversas histórias que rondam a região e decide aproximar-se dele para descobrir a verdade.

Pouco a pouco, a história de Kote vai sendo revelada, assim como sua multifacetada personalidade - notório mago, esmerado ladrão, amante viril, herói salvador, músico magistral, assassino infame.

Nesta provocante narrativa, o leitor é transportado para um mundo fantástico, repleto de mitos e seres fabulosos, heróis e vilões, ladrões e trovadores, amor e ódio, paixão e vingança.

Mais do que a trama bem construída e os personagens cativantes, o que torna O nome do vento uma obra tão especial - que levou Patrick Rothfuss ao topo da lista de mais vendidos do The New York Times - é sua capacidade de encantar leitores de todas as idades.

Leia um trecho abaixo:






  • Título Original: The Name of The Wind
  • Tradução: Vera Ribeiro
  • Páginas: 656
  • Formato: 16 x 23 cm
  • Peso: 820 g
  • Acabamento: Brochura
  • Lançamento: 23/07/2009
  • ISBN: 9788599296493
  • EAN: 9788599296493
  • Preço: R$ 49,90
  • Preço E-Book: R$ 24,99
  • Nenhum comentário: