Livro 15 - O Temor do Sábio


Boa parte do segundo livro também ocorre na Universidade, mas em certo ponto nosso Kvothe precisa sair... seja por sua rivalidade com um certo alguém poderoso, seja por sua pesquisa pelo Chandriano e pelos Amir.

Ele aproveita essa saída para tentar conseguir um mecenas, coisa difícil na região da Universidade por seus problemas com o Ambrose. Em Vintas, acaba conseguindo se relacionar melhor com as pessoas influentes e um desses relacionamentos o enviará em uma missão, onde acabará topando de novo com um cara que tinha encontrado no primeiro livro, e que mostra-se importante no desenrolar da história.

É no segundo livro que ele encontra com a Feluriana, que ele aprende a lutar com os Ademrianos, que salva meninas de estupradores, que procura vingar a honra dos Edena Ruh, que consegue ter umas 'aulinhas' de nomeação com o Elodin...

"Àquela altura da minha vida, eu ganhara uma reputação modesta. Não, isso não é totalmente verdadeiro. É melhor dizer que eu havia construído minha reputação.”

Não sei se fomos só nós que notamos, mas ficamos com a sensação de que o Kvothe decaiu depois do encontro com a Feluriana. Esperávamos que ele fosse ficar espetacularmente mais superior aos outros, mas nem foi assim. Ele continua se destacando, demonstra uma determinação admirável e mantém sua reputação, mas ainda não é o Kvothe que o Bast tanto deseja despertar.

 Como todo livro, esse também tem críticas negativas, mas nós amamos e estamos ansiosos pelo terceiro (com uma expectativa em relação a um possível quarto livro, teoria do Héverton).

A leitura não é cansativa, não há detalhes excessivos - em certos momentos sentimos falta deles - acho que o autor poderia ter explicado melhor certas cenas, como na parte em que o Kvothe encontra o cara lá (não tem descrição dele, como vamos saber quem é?!!!), mas no geral foi mesmo um livro muito bom.




“Lembre-se de que há três coisas que todo sábio teme: o mar na tormenta, uma noite sem luar e a ira de um homem gentil.” O temor do sábio dá continuidade à impressionante história de Kvothe, o Arcano, o Sem-Sangue, o Matador do Rei. Quando é aconselhado a abandonar seus estudos na Universidade por um período, por causa de sua rivalidade com um membro da nobreza local, Kvothe é obrigado a tentar a vida em outras paragens. Em busca de um patrocinador para sua música, viaja mais de mil quilômetros até Vintas. Lá, é rapidamente envolvido na política da corte. Enquanto tenta cair nas graças de um nobre poderoso, Kvothe usa sua habilidade de arcanista para impedir que ele seja envenenado e lidera um grupo de mercenários pela floresta, a fim de combater um bando de ladrões perigosos. Ao longo do caminho, tem um encontro fantástico com Feluriana, uma criatura encantada à qual nenhum homem jamais pôde resistir ou sobreviver – até agora. Kvothe também conhece um guerreiro ademriano que o leva a sua terra, um lugar de costumes muito diferentes, onde vai aprender a lutar como poucos. Enquanto persiste em sua busca de respostas sobre o Chandriano, o grupo de criaturas demoníacas responsável pela morte de seus pais, Kvothe percebe como a vida pode ser difícil quando um homem se torna uma lenda de seu próprio tempo.




Título Original: The Wise Man’s Fear
Tradução: Vera Ribeiro
Páginas: 960
Formato: 16 x 23 cm
Peso: 1200g
Lançamento: 24/11/2011
ISBN: 9788580410327
EAN: 9788580410327
Preço: R$ 59,90
Preço E-Book: R$ 24,99

Nenhum comentário: